Como cheguei ao Thetahealing e fiz o download da alma

Estava me sentindo insegura e com um pouco de medo de ir a um lugar longe de casa, sozinha, mas ainda assim, fui fazer minha primeira sessão de Thetahealing. Chegando no local, achei meio sombrio, com imagens grandes nas paredes, mas eu não iria desistir, porque apesar da dor emocional que eu sentia, a vontade de mudar a minha vida era maior. Fiz a sessão e até hoje eu não lembro o que aconteceu. Hoje eu tenho a consciência de que eu estava muito fechada para a cura e para mudanças.

Naquela época, no final de 2014, comprei o livro “DNA Básico de Thetahealing” e me senti tocada no coração, quando ao ler sobre os “Planos da Existência”, soube que as fadas realmente existiam. Nesse momento, algo em mim mudou e abriu. Até hoje, lembro que estava sentada na cama, lendo sobre os tipos de seres de cada um dos planos.

Então eu resolvi, que naquele ano eu iria fazer o curso
“DNA Básico de Thetahealing” para aprender a mudar em mimo que precisava ser resolvido: me abrir para uma vida com mais saúde física, mental, emocional e espiritual.

Me encantei quando percebi a minha facilidade em identificar e mudar as crenças limitantes e emoções negativas nas pessoas e em mim. Entendi que elas travam o fluir do amor, da vontade de viver, da saúde como um todo, de um relacionamento afetivo e bloqueiam a abundância.

Confesso que eu também tinha muitas crenças limitantes que me causaram dor emocional, ansiedade generalizada que me geravam frio no estômago. Isso aconteceu porque eu acreditava que deveria lutar e me sacrificar de modo geral para ter sucesso financeiro.

Eu tinha crenças herdadas dos meus ancestrais, crenças que aprendi na infância e captadas da coletividade que moldavam meu comportamento, e eu cega, não conseguia enxergar outra solução e ter força para viver, a não ser pelo sacrifício e dor.

Através do autoconhecimento, fui mudando em mim essa visão pequena de vida. Me abri tanto que mudei de carreira. Eu, que passei anos estudando para ser aprovada em concurso público, resolvi fazer outros cursos de Thetahealing que ampliaram ainda mais a minha vida, até que assumi para mim mesma e para o mundo, que gostava de atender as pessoas com essa técnica.

Assumir para mim o que eu gosto de fazer, foi, principalmente, fruto da liberação de medo e ressentimentos que eu tinha. Eu tinha medo do fracasso, principalmente após anos de estudos e reprovação em provas, que gravaram em mim aquela sensação de derrota.

 Infelizmente era isso que acontecia, essa sensação de frustração do passado estava gravada no meu subconsciente e atuava em todas as áreas da minha vida. Então, eu resolvi me libertar desse passado e passei a reescrever o meu futuro, afinal, percebi que eu, você, somos o próprio universo.

E tudo isso é muito transformador, passado quatro anos, enquanto eu escrevia essa parte da minha vida para você, me emocionei e chorei de felicidade ao me dar conta mais uma vez, que a minha intuição estava certa quando resolvi buscar uma vida sem sacrifício e dor para concretizar os meus desejos.

Agradeço ao meu coração, anjos e guias por estarem sempre comigo!

Tatiana Nava

Terapeuta holística com especialização na técnica ThetaHealing.  A base da terapia é a identificação e transformação de traumas e crenças limitantes, que podemos adquirir ao longo da vida e ficam armazenadas no subconsciente. Identificado o bloqueio energético, doenças físicas, emocionais e escassez deixam de ser criadas A prática de ThetaHealing existe há mais de 20 anos e tem como diferencial trazer o autoconhecimento com a alteração de crenças, que moldam o comportamento e interferem na visão de si mesmo, do outro e do mundo. Em 2016, me tornei instrutora oficial, apta a ministrar curso dessa técnica de meditação americana, a qual combina ciência e espiritualidade e promove a cura física, emocional e espiritual, através do reencontro com a Fonte que está dentro de cada pessoa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *