Como você se vê daqui há 5 anos?

Fique atento! Seus hábitos, prioridades e ações de hoje estão determinando seu futuro

Passamos da metade de 2019.

Quanto tempo por dia você dedica à assistir a vida de outras pessoas nas redes sociais?

Quantos livros você leu este ano?

Quantas horas por dia você dedica a aprender algo novo?

Quanto do seu salário você investe?

Quem são as 5 pessoas com as quais você se relaciona com mais frequência? O que você aprende com elas?

O que você faz quando tem tempo livre?

Quanto tempo você dedica a fazer algo que gosta realmente?

Quantas vezes você agradece por algo durante o dia?

Quantas horas por dia você passa discutindo ou brigando com alguém?

Quantas horas por dia você dedica a sua espiritualidade?

Quem são as pessoas nas quais você se inspira?

Você cuida da sua saúde mental?

Quantas horas por dia você dedica à TV?

Que tipo de música você ouve?

Como é a sua relação com seus pais?

Você cuida da sua alimentação?

Como é a sua convivência com os colegas de trabalho? E os vizinhos?

Você fala mal das pessoas? E bem? Com que frequência?

Como você se vê daqui há 5 anos?

Suas prioridades e seus hábitos determinam quem você é! Suas ações de hoje determinam como sua vida e saúde estarão daqui há cinco anos ou mais.

Rancor, má alimentação, comparar sua vida com à dos outros, ignorar sua saúde mental, falar mal ou prejudicar outra pessoa, não filtrar o que assiste, não conhecer seus propósitos, ignorar seu lado espiritual, ouvir músicas de baixa vibração, ignorar suas raízes (pais e antepassados), guardar rancor, odiar, ser ingrato, tratar mal seus colegas de trabalho e vizinhos, procrastinar, ter vícios, não conhecer o próprio corpo… Todos estes péssimos hábitos causam doenças físicas, mentais e espirituais.

Somos seres espirituais, energia vibrante, circundados por um campo eletromagnético.

Como você se sente depois de passar 3 horas do dia, sentada (o) em frente à TV, assistindo notícias trágicas, vendo miséria, tristeza, doenças? No mínimo, devastado, triste. Dorme e acorda pensando naquilo. Fala sobre aquilo, compartilha nas redes sociais, e, no outro dia, mais 3 horas, e no dia seguinte, mais um pouco… Tempos depois, algo semelhante acontece com você.

É Ciência: Tudo o que você emana, volta para você. Então, porque ao invés de preencher seu dia com tragédia e ódio, preencher com amor, gratidão, coragem, alegria, compreensão, conhecimento, prosperidade, riqueza?

Ao invés de falar mal do seu vizinho, faça um elogio. Troque as 6 horas de redes sociais pela leitura de um livro ou vá assistir uma palestra on line. Troque os 5 minutos de prazer comendo alimentos gordurosos e ultra processados por uma vida de saúde com alimentos saborosos e saudáveis. Troque o rancor pelo perdão, o ódio pelo amor, a fé pelo conhecimento.

Troque amigos que julgam as pessoas por amigos que te ensinam e acrescentam algo. Troque as horas infindáveis de futilidades em frente à TV por um curso gratuito de idiomas, por exemplo. Crie metas e cumpra. Faça terapia. Descubra seus propósitos.

E, quando tiver dúvida se este é o caminho “certo”, se pergunte: Quanto tempo podia eu sou feliz?

Essa é a chave de tudo!

Namaste

Muito obrigada!

Kássia Luana

Ela tem um pouco mais de uma década de experiência na área de comunicação e vendas. Escritora, produtora de eventos e consultora de comunicação, imagem e vendas para pessoa física e jurídica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *