Europa teme invasão de vespas gigantes da ásia

Cientistas estão preocupados que a invasão desses insetos destruam as colmeias das abelhas e afetem a polinização do continente europeu.

Em alguns países, a vespa gigante asiática, ou vespas mandarinas, é considerada um dos insetos mais letais existente, capazes de causar dezenas de mortes humanas. Frente à ameaça de invasão desses insetos, a Europa, especialmente o Reino Unido, já vem tomando algumas precauções para que não gerem maiores transtornos.

Como não são nativas do continente europeu, não há um controle através de seus predadores naturais, e por esta razão, a proliferação das vespas gigantes colocam as abelhas que vivem lá, em grande risco.

Além disso, a picada desse inseto em uma pessoa, principalmente se for alérgica, pode causar sérias complicações e até mesmo o risco de morte.

Para a contenção deste “pequeno gigante” problema, o tablóide Mirror afirma que os custos poderão alcançar uma margem superior à R$45 milhões aos cofres do Reino Unido.

Especialistas afirmam que elas estão colonizando a França a uma taxa de 60 a 80 km por ano. O medo maior é que a colonização de territórios por esses insetos faça cair drasticamente a taxa de polinização nesses locais, causando danos irreparáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *