Planejamento estratégico

Conversando com uma amiga

Eu já tive vários negócios de forma informal e como disse Thomas Edison: “descobri várias formas de como as coisas não funcionam” (por isto me identifico com a Fátima) e no meu caso como de muitos empreendedores que conheço, o motivo é o mesmo e muito simples; não possuem “um plano de negócios” e muito menos um planejamento estratégico.

Como disse Lewis Carroll: “se você não sabe onde quer ir, qualquer caminho serve.” E digo que qualquer caminho fará você chegar a qualquer lugar, até mesmo ao indesejado.

Em minha pequenina experiência como empreendedora (20 anos) e também trabalhando com executive e business coaching (a 4 anos) o que faz uma empresa quebrar não são apenas as questões financeiras e sim as mencionadas acima.

Vivemos em um país em que todos se julgam empreendedores, automaticamente após serem demitidos de seus trabalhos formais, e não irei entrar neste mérito. Não importa se você está querendo empreender, começando a, recomeçando ou com uma empresa totalmente estruturada.

O problema da Fátima é que além de não ter um modelo de negócio ela não entendia que precisava ter de forma concisa uma pesquisa de mercado. Ou seja, ela precisava estudar, e muito.

Para ser um engenheiro, um médico, um advogado por exemplo; precisa-se estudar e porque para ser empreendedor de sucesso, seria diferente?

Olhando para nossa vida pessoal, quantos planos já fizemos e tivemos que fazer para dar alguns ajustes no decorrer da jornada? No ramo empresarial é de igual forma; você naturalmente fará algumas ou várias adaptações em sua empresa, produto e em si mesma; e precisamos estar atentas a isto.

Infelizmente o mercado não é estático e por isto, precisamos estar em constante aperfeiçoamento; precisamos saber de tudo um pouco e sendo ousada; precisamos estar à frente do mercado.

Eu desconheço alguém que goste de mudanças; e elas são para os fortes. As vezes precisamos mudar até mesmo de ramo, mas meu conselho é que não se faça nada sem muito estudo e planejamento.

Falando de 4 passos básicos para ter uma empresa de sucesso; tenha um plano de negócios, saia da informalidade, tenha um mentor (falaremos sobre em um outro momento) e invista em marketing.

Você sabe o que todo executivo de sucesso tem em comum? Um coach/mentor em sua vida ou empresa.

Espero que este mês, esta experiência que a Fátima teve com sua amiga; tenha te ajudado a crescer um pouco mais.
Espero ter acrescentado algo de positivo em sua vida e agora chegou a sua vez de me ajudar a crescer.

Me diga em que valeu apena as histórias, experiências, conselhos, dicas e sacadas para você nos comentários?

Se o Criador de todas as coisas nos permitir, no próximo mês falaremos sobre liderança.

Até lá…

Valdilene Gabriela

Presidente da  COMAP, Empreendedores Notáveis, Projeto Orientar & Instituto Lev Chadash. Palestrante motivacional  há mais de 20 anos. Facilitadora de treinamentos corporativos de coaching, liderança, comunicação e relacionamento intra/interpessoal.  Coordena grupos temáticos de Coaching para Líderes, Coaching , Coaching de Qualidade de Vida, Coaching de Auto Estima, etc.  Especialista em marketing digital, serviços de consultoria e coaching.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *